Última hora

Última hora

Burundi: Três generais golpistas detidos

No Burundi, três generais envolvidos na tentativa de golpe de Estado para derrubar o Presidente, Pierre Nkurunziza, foram detidos. A monte continua

Em leitura:

Burundi: Três generais golpistas detidos

Tamanho do texto Aa Aa

No Burundi, três generais envolvidos na tentativa de golpe de Estado para derrubar o Presidente, Pierre Nkurunziza, foram detidos.

A monte continua o principal mentor da operação, o general Godefroid Niyombare que se terá escondido num distrito no sul da capital, Bujumbura.

O chefe de Estado, Pierre Nkurunziza terá regressado ao país poucas horas depois de uma declaração do responsável máximo do Exército sobre o fracasso do golpe.

Num teewt o presidente afirma que se encontra no Burundi e pede à população para que tenha paciência.

O chefe de gabinete do Exército, General Prime Niyongabo, explicou o momento em que a situação ficou sobre controlo das forças leais ao presidente: “ Eles tinham ocupado a estação de televisão pública e a estação de rádio RTNB utilizando um tanque militar que destruímos. Matamos 12, 35 ficaram feridas e 40 renderam-se. Foram presos. Nove dos nossos soldados ficaram feridos.”

A decisão de o Presidente tentar um terceiro mandato, irritou a oposição, que o acusa de trair o Acordo de Paz de Arusha em 2005, que pôs fim à guerra civil entre Hutus e Tutsis. Uma guerra que, então matou 300.000 pessoas.

Na violência dos últimos dias mais de 20 pessoas foram mortas em confrontos entre manifestantes e forças de segurança.