Última hora

Última hora

Debate sobre imigração ilegal domina atualidade europeia

A Comissão Europeia apresentou a chamada “Agenda para a Migração”, para dar resposta à vaga de imigrantes ilegais que atravessam o Mar Mediterrâneo

Em leitura:

Debate sobre imigração ilegal domina atualidade europeia

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia apresentou a chamada “Agenda para a Migração”, para dar resposta à vaga de imigrantes ilegais que atravessam o Mar Mediterrâneo. O executivo comunitário diz-se pronto a dar resposta ao problema dos que “fogem de guerras, perseguições e da pobreza”, desde que os Estados-membros se comprometam a aceitar parte dos imigrantes. Atendendo à resistência, a Comissão terá de persuadir alguns Estados-membros.

A Líbia reagiu, entretanto, negativamente ao plano da União Europeia, dizendo que se trata de uma intenção “vaga e preocupante”. A Líbia está particularmente apreensiva face a outra intervenção militar nas águas do país. A jornalista Margherita Sforza falou com Eugenio Ambrosi, Diretor regional para a Europa da Organização Internacional para as Migrações.

Para surpresa dos observadores, o Governo grego pagou a horas os 750 milhões de euros devidos ao Fundo Monetário Internacional. Evitou assim o temido cenário de incumprimento. A Europa e os credores internacionais da Grécia podem agora respirar de alívio, pelo menos até à data de novo pagamento da Grécia.

O Presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, recebeu o prestigiado Prémio Charlemagne 2015 (Carlos Magno). O galardão distingue personalidades empenhadas na unificação europeia.

A agenda da próxima semana:

Na segunda-feira os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia reúnem-se, em Bruxelas, para discutir a proposta da Comissão em matéria de migração no velho continente. Em Estrasburgo, há sessão plenária do Parlamento Europeu.

Na quinta-feira, Riga recebe de novo a Cimeira da Parceria Oriental.