Última hora

Última hora

Primeiro-ministro grego acredita em acordo com Troika mas não faz concessões sobre salários e pensões

Em leitura:

Primeiro-ministro grego acredita em acordo com Troika mas não faz concessões sobre salários e pensões

Primeiro-ministro grego acredita em acordo com Troika mas não faz concessões sobre salários e pensões
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro grego afirmou, esta sexta-feira, que Atenas e os seus credores estrangeiros encontraram um terreno comum nas negociações e disse estar otimista em relação a um acordo.

Numa conferência económica, na capital grega, Alexis Tsipras falou sobre as negociações que estão a decorrer com a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional e garantiu que o seu governo não vai recuar em relação aos limites impostos:

“Não é possível que o governo grego recue em relação aos salários e pensões. Os trabalhadores e pensionistas já sofreram o suficiente neste país, Está na altura de distribuir, de partilhar o fardo”, afirmou o chefe do executivo grego.

São estas as questões em que não há acordo. O impasse na implementação de reformas exigidas pela Troika, incluindo cortes nas pensões e liberalização do mercado de trabalho, continua a existir mas, em relação às metas fiscais e taxas de IVA há acordo.

Para a Grécia aplica-se, cada vez mais, o ditado popular “tempo é dinheiro”, sem acordo conseguir financiamento é impossível.