Última hora

Última hora

Rússia de duas caras na celebração do Dia Internacional Contra a Homofobia

A polícia russa agiu de forma distinta no decorrer das celebrações, em Moscovo e São Petersburgo, do Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia

Em leitura:

Rússia de duas caras na celebração do Dia Internacional Contra a Homofobia

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia russa agiu de forma distinta no decorrer das celebrações, em Moscovo e São Petersburgo, do Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia. Na capital, as autoridades terão impedido a celebração da data, detendo inclusive alguns dos ativistas pela tolerância sexual; em São Petersburgo limitaram-se a vigiar as celebrações sem interfir.

Cerca de meia centena de pessoas se terão concentrado no centro moscovita para libertar balões coloridos simbolizando a diversidade sexual e de género. A polícia interveio e pelo menos 17 acabaram detidas.

Em São Petersburgo, a segunda maior cidade da Rússia, as autoridades limitaram-se a observar a celebração de cerca de 100 ativistas e a libertação dos balões coloridos pela tolerância sexual.


Nos Estados Unidos, entretanto, Barack Obama emitiu uma declaração pela tolerância face à diversidade sexual e de género, que pode “ser lido no “site” oficial do Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia”:http://dayagainsthomophobia.org/es/barack-obama-emite-declaracion-sobre-el-dia-internacional-contra-la-homofobia-bifobia-y-la-transfobia/.

Aproveitamos esta oportunidade para reafirmar que os direitos de lésbicas, ‘gays’ e transexxuais são direitos humanos, para celebrar a dignidade de todas as pessoas e para sublinhar que todas as pessoas merecem viver sem medo, livres de violência e discriminação independentemente de quem são e de quem amam

Many people in leading positions – nationally and internationally – have shown their support for this year's…

Posted by International Day Against Homophobia, Transphobia and Biphobia – the Global page on Domingo, 17 de Maio de 2015

A responsável pela diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, garantiu este domingo que os “28” vão continuar a apoiar a comunidade LGBT (lésbicas, “gays”, bissexuais e transexuais) em prol da igualdade de direitos em todo o Mundo.

“Neste Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, a UE está junto das pessoas LGBT de todo o mundo, em luta para acabar com a discriminação pela orientação sexual e identidade de género”, declarou Mogherini, também em comunicado, sublinhando que “todos os seres humanos são iguais em dignidade e todos têm direito a desfrutar dos seus direitos.”

#HomofobiaNãoDesde 2011, o Disque Direitos Humanos (#Disque100) também recebe denúncias específicas de violações…

Posted by Dilma Rousseff on Domingo, 17 de Maio de 2015