Última hora

Última hora

EUA e milícias xiitas apoiam forças iraquianas na reconquista de Ramadi

O Pentágono garantiu esta segunda-feira que a cidade iraquiana de Ramadi será reocupada pelas forças de Bagdade, com o apoio da aliança liderada

Em leitura:

EUA e milícias xiitas apoiam forças iraquianas na reconquista de Ramadi

Tamanho do texto Aa Aa

O Pentágono garantiu esta segunda-feira que a cidade iraquiana de Ramadi será reocupada pelas forças de Bagdade, com o apoio da aliança liderada pelos Estados Unidos, admitindo que a invasão da localidade pelo autoproclamado Estado Islâmico constituiu um “retrocesso”.

“A partir de hoje estamos a apoiar as forças de segurança iraquianas e o Governo do Iraque com ataques aéreos de precisão e aconselhamento.
Os nossos aviões já estão no ar à procura de alvos identificados com o Estado Islâmico e assim vão continuar até Ramadi ser retomada”, disse Jeff Ratke, porta-voz do Departamento de Estado norte-americano.

O ministro da defesa iraniano fez uma visita surpresa a Bagdade onde teve um encontro com o seu homólogo iraquiano.

Esta visita surgiu após milícias xiitas, apoiadas pelo Irão, terem-se unido às forças iraquianas na contra ofensiva para a tomada de Ramadi, capital da província de Anbar, maioritariamente sunita.

Ramadi acabou por cair nas mãos dos extremistas do Estado islâmico após dois meses de intensos combates.

Segundo as Nações Unidas cerca de 25 mil pessoas terão fugido de Ramadi desde que os extremistas começaram a ocupar aquela cidade.