Última hora

Última hora

Eurodeputados debatem e votam sobre "minerais de conflito"

Contra o financiamento ilegal de exércitos e de grupos armados em zonas de conflito, como a República Democrática do Congo, os eurodeputados votam

Em leitura:

Eurodeputados debatem e votam sobre "minerais de conflito"

Tamanho do texto Aa Aa

Contra o financiamento ilegal de exércitos e de grupos armados em zonas de conflito, como a República Democrática do Congo, os eurodeputados votam esta quarta-feira, depois do debate de hoje, um projeto de resolução que estabelece um sistema de autocertificação para garantir que as receitas da transação de metais e minerais não serão canalizadas para alimentar conflitos.

A iniciativa pretende promover cadeias de aprovisionamento responsáveis junto de refinarias, fundições e importadores europeus. Em causa estão metais como o estanho, tungsténio, tântalo e ouro.

A proposta da Comissão Europeia contempla um sistema voluntário. O Parlamento Europeu encontra-se dividido sobre a aplicação de um sistema de certificação obrigatória para todas as partes da cadeia de fornecimento de metais.

Em nome de uma maior transparência, a União Europeia pretende publicar listas anuais das empresas responsáveis.