Última hora

Última hora

Germanwings: restos mortais vão ser entregues às famílias

Os restos mortais das 150 vítimas da queda do avião da Germanwings nos Alpes franceses em março, foram identificados, e poderão ser entregues às suas

Em leitura:

Germanwings: restos mortais vão ser entregues às famílias

Tamanho do texto Aa Aa

Os restos mortais das 150 vítimas da queda do avião da Germanwings nos Alpes franceses em março, foram identificados, e poderão ser entregues às suas famílias, informou a procuradoria de Marselha, num comunicado divulgado esta terça-feira.

A comissão de identificação das vítimas da queda do Airbus A320 “confirmou a identidade das 150 vítimas e os atestados de óbito foram assinados”, informa o comunicado.

Os responsáveis da Lufthansa receberam a documentação necessária para a repatriação dos corpos.

O co-piloto alemão Andreas Lubitz, de 27 anos, é suspeito de ter deliberadamente provocado a queda do avião que partira de Barcelona rumo a Duesseldorf, no dia 24 de março.

Depois de ter trancado a porta da cabine para impedir a entrada do capitão, o co-piloto programou intencionalmente o piloto automático para fazer descer o avião até colidir com o solo, provocando a queda e a morte imediata dos 144 passageiros e seis tripulantes.