Última hora

Última hora

Imigrantes: ONU apela à cooperação da Indonésia, Malásia e Tailândia

A ONU apela à cooperação entre as nações relativamente à questão dos imigrantes e ao reforço das operações em alto mar. A organização teceu críticas

Em leitura:

Imigrantes: ONU apela à cooperação da Indonésia, Malásia e Tailândia

Tamanho do texto Aa Aa

A ONU apela à cooperação entre as nações relativamente à questão dos imigrantes e ao reforço das operações em alto mar. A organização teceu críticas à Indonésia, Malásia e Tailândia, por impedir a chegada a terra de migrantes do Myanmar e do Bangladesh.

Aproximadamente 4 mil pessoas, entre homens, mulheres e crianças, foram deixadas à deriva, com escassos mantimentos, durante mais de 40 dias.

“Globalmente, atingimos um nível recorde de pessoas obrigadas a deslocar-se. Consequentemente, existe um número recorde de pessoas a fazer as travessias marítimas – um grande número de migrantes. O foco tem que ser exatamente nesta questão: salvar vidas e tomar medidas adequadas, para lidar com as pessoas na altura do desembarque e noutras alturas ao longo destas viagens”, adiantou o porta-voz da ONU, Adrian Edwards.

Muitas destas pessoas abandonam o Myanmar. As organizações dos direitos humanos dizem que os muçulmanos do país não têm outra alternativa senão deixar o território, para fugir à perseguição – saem e ficam à mercê dos traficantes.

A Malásia bloqueou a fronteira marítima a noroeste e a Tailândia tem escoltado barcos para fora das suas águas territoriais. Há também relatos de pescadores indonésios a quem foram dadas instruções para não retirarem nenhum imigrante de alto mar.