Última hora

Última hora

La Scala apresenta ópera sobre alterações climáticas

Em leitura:

La Scala apresenta ópera sobre alterações climáticas

Tamanho do texto Aa Aa

Não é um tema habitual no repertório operático, mas há sempre uma primeira vez. O Teatro La Scala, em Milão, acaba de apresentar uma ópera que gira

Não é um tema habitual no repertório operático, mas há sempre uma primeira vez. O Teatro La Scala, em Milão, acaba de apresentar uma ópera que gira em torno dos temas da poluição e das alterações climáticas. O espetáculo chama-se C02.

Point of view

C02 é porventura a primeira ópera a lidar com a difícil relação de amor, de ciúme e de abuso entre a humanidade e a natureza.

“C02 é porventura a primeira ópera a lidar com a difícil relação de amor, de ciúme e de abuso entre a humanidade e a natureza”, sublinhou o compositor italiano Giorgio Battistelli.

O espetáculo é encenado por Robert Carsen. “A ópera começa com o doutor David Adamson a dar uma conferência sobre as mudanças climáticas. Essa conferência vai tomar forma à medida que o espetáculo avança. Para isso, usámos bastante o vídeo. O conceito do espetáculo está associado ao computador que vai crescendo, torna-se enorme. É para ele que o espetador olha”, explicou Carsen.

O barítono inglês Anthony Michaels-Moore incarna o papel do conferencista.

“É uma obra interessante do ponto de vista artístico. Tem a ver com o mundo de hoje e com o nosso futuro. Se houver nem que seja uma só pessoa do público que se sinta tocada por esta ópera, então o projeto já é um sucesso”, disse o cantor.

‘CO2’ sobe ao palco do Teatro La Scala em Milão até 29 de maio.