Última hora

Última hora

EUA: Senado chumba "Freedom Act" mas também não prolonga o "Patriot Act".

O Senado norte-americano chumbou um diploma para limitar a capacidade da NSA de recolha em massa e sistemática de dados das comunicações telefónicas. Mas a câmara alta do Congresso também não consegui

Em leitura:

EUA: Senado chumba "Freedom Act" mas também não prolonga o "Patriot Act".

Tamanho do texto Aa Aa

O Senado norte-americano chumbou, este sábado, o “Freedom Act”, um diploma para limitar a capacidade da NSA – a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos – de recolha em massa e sistemática de dados das comunicações telefónicas. Mas a câmara alta do Congresso também não conseguiu aprovar uma extensão temporal ao “Patriot Act”, lei que permite essa vasta recolha de metadados e que expira no final deste mês de maio.

O vasto programa de recolha de dados privados levado a cabo pela NSA foi revelado há cerca de dois anos por Edward Snowden, o analista de sistemas informáticos que está agora exilado na Rússia.

Aprovado na Câmara dos Representantes, mas não no Senado, o “Freedom Act”, que visa eliminar algumas disposições do “Patriot Act” que levantam questões de privacidade, conta com o apoio do Presidente Barack Obama, mas também do republicano Rand Paul, candidato à corrida à Casa Branca.