Última hora

Última hora

Rublos consolidam integração de Donestk no "espaço russo"

Um ano depois do início da guerra civil no leste da Ucrânia, os reformados que vivem nas autoproclamadas republicas independentes começaram a receber

Em leitura:

Rublos consolidam integração de Donestk no "espaço russo"

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano depois do início da guerra civil no leste da Ucrânia, os reformados que vivem nas autoproclamadas republicas independentes começaram a receber as pensões em rublos.

Mas o aumento generalizado dos bens de primeira necessidade não dá grande margem de manobra para a sobrevivência.

Um pensionista em Donetsk conta o que é viver numa região que foi palco de uma guerra fratricida: “Sim, recebo a minha pensão, são cerca de 8 mil rublos russos. Os preços aumentaram, de facto, fiquei três vezes mais pobre por causa da inflação”.

Há que se dirija a território controlado por Kiev para receber outra pensão.

O agora reitor da universidade de Donetsk, pró-russo, diz que passo a passo, a transição avança.

“De uma forma geral, a proporção dos pagamentos feitos em rublos é agora superior aos pagamentos feitos em Hryvnas e pouco a pouco começa a ser um fator de consolidação e integração através da economia e finanças do espaço russo”, afirma Sergey Barishnikov.

Apesar da guerra aberta já não ser uma realidade, há ainda muitas acusações e relatos de episódios de guerra.