Última hora

Última hora

Concurso Internacional Rainha Isabel premeia os mais geniais jovens violinistas na Bélgica

Em leitura:

Concurso Internacional Rainha Isabel premeia os mais geniais jovens violinistas na Bélgica

Tamanho do texto Aa Aa

O nome dos 12 finalistas do Concurso Internacional Rainha Isabel para violino foi anunciado em Bruxelas. A competição de música, sob patrocínio de

O nome dos 12 finalistas do Concurso Internacional Rainha Isabel para violino foi anunciado em Bruxelas.
A competição de música, sob patrocínio de Sua Majestade a Rainha Matilde, foi, desde a criação, considerada como uma dos mais prestigiadas e difíceis em todo o mundo.

A finalista sul-coreana, Ji Yoon Lee, de Seul, começou a aprender violino aos quatro anos de idade:

- Estou tão honrada por fazer parte do leque de finalistas….integrar esta competição é uma honra.

Também entre os finalistas, o norte-americano Stephen Waarts, os alemães Tobias Feldmann e Thomas Reif.

Tobias Feldmann:

- Nesta competição não há quem faça umgrande erro, um engano. Trata-se de expressão musical e também das diferenças que os jurados vêem nuns e noutros.

Thomas Reif:

- Eu tive uma boa conexão com a audiência, com a orquestra e com o maestro, correu tudo bem. Nem sequer olhei para o júri.

Bomsori Kim prepara-se para mergulhar num mundo de info-excluídos, sem ‘I pads’ ou ‘smarthphones’, onde só a técnica de execução, a experiência e expressão contam.

Na semana anterior, a vida dos finalistas no Queen Elisabeth Musical Chapel executaram os concertos finaisno conhecido centro internacional de ensino artístico, uma prenda para os jovens músicos, altamente protegidos: só os finalistas tiveram acesso.

Bomsori Kim:

- Ouvi falar disso, os meus amigos que cá estiveram antes, contaram-me como é maravilhoso estar aqui, apesar de não poder ter quaisquer contactos, é uma paz. Estou excitada pois é como se estivesse na cadeia.*

Os músicos prepararam aqui o desempenho para um concerto da sua escolha, bem como o trabalho inédito escrito especialmente para a competição deste ano

Cada um dos candidatos selecionados para a final tem o direito ao mesmo tempo de ensaio com uma orquestra.

Este ano, a final da competição será exclusivamente orquestrada! Cada finalista será acompanhado pela Orquestra Nacional da Bélgica, conduzida por Marin Alsop.

O vencedor final deste ano do Concurso Internacional Rainha Isabel para violino é anunciado este fim de semana em Bruxelas, e a cerimónia de entrega dos prémios decorre no dia 2 de junho.

O primeiro laureado receberá um prêmio de € 25,000 e também será tera acesso ao violino “Huggins” (Stradivarius), emprestado pela Nippon Music Foundation por um período de quatro anos.