Última hora

Última hora

Cuba vai libertar filhos de "Castro" o crocodilo

O jardim zoológico de Cuba prepara-se para devolver à selva as dez crias de “Castro”, um crocodilo autóctone oferecido nos anos setenta pelo regime

Em leitura:

Cuba vai libertar filhos de "Castro" o crocodilo

Tamanho do texto Aa Aa

O jardim zoológico de Cuba prepara-se para devolver à selva as dez crias de “Castro”, um crocodilo autóctone oferecido nos anos setenta pelo regime comunista a um cosmonauta soviético.

Os animais da espécie “Crocodylus Rhombifer”, considerada uma das mais perigosas do mundo, chegaram a Havana nos últimos dias, provenientes da Suécia.

Impedido de criar em casa o presente de Fidel Castro, o cosmonauta soviético Vladimir Shatalov tinha oferecido o casal “Castro” e “Hillary” ao jardim zoológico de Moscovo que, por sua vez, o tinha oferecido à Suécia.

O veterinário Hiram Fernandez, afirma, “Fidel Castro deve estar contente ao ver que um presente a um amigo deu tão bons resultados. Deve estar muito feliz”.

Depois de uma viagem de mais de 40 anos por Moscovo e Estocolmo, os descendentes do presente de Castro deverão reencontrar a família, no sul da ilha, onde vivem cerca de 4 mil crocodilos cubanos.

Um regresso à selva, e às origens da família castrista.