Última hora

Última hora

Próximos de herdeira da L'Oréal condenados por abuso de confiança

O caso de abuso de confiança sobre a mulher mais rica de França chegou ao fim. Pelo menos em primeira instância. O tribunal de Bordéus deu como

Em leitura:

Próximos de herdeira da L'Oréal condenados por abuso de confiança

Tamanho do texto Aa Aa

O caso de abuso de confiança sobre a mulher mais rica de França chegou ao fim. Pelo menos em primeira instância. O tribunal de Bordéus deu como provada a acusação de que duas pessoas de confiança da herdeira do gigante de cosméticos L’Oréal abusaram da fraqueza de Liliane Bettencourt, atualmente com 92 anos.

François-Marie Banier, fotógrafo e confidente da milionária foi condenado a três anos de prisão, com seis meses de pena suspensa, enquanto o gestor da fortuna de Liliane Bettentourt, Patrice de Maistre, foi condenado à trinta meses de prisão, doze de pena suspensa. Os dois condenados vão apresentar recurso.

O caso tinha também uma implicação política. O ex-ministro conservador, Eric Woerth, foi ilibado das acusações de tráfico de influência e de financiamento oculto da campanha presidencial de Nicolas Sarkozy, em 2007. O antigo presidente chegou a ser ouvido pelo juiz de instrução.