Última hora

Última hora

"Europe Weekly": crise de migrantes e referendo à permanência do Reino Unido na UE em destaque

Face ao número crescente de migrantes que chegam à costa de Itália e da Grécia, a Comissão Europeia pediu aos Estados-membros para receberem 40 mil

Em leitura:

"Europe Weekly": crise de migrantes e referendo à permanência do Reino Unido na UE em destaque

Tamanho do texto Aa Aa

Face ao número crescente de migrantes que chegam à costa de Itália e da Grécia, a Comissão Europeia pediu aos Estados-membros para receberem 40 mil refugiados, provenientes, maioritariamente, da Síria e da Eritreia. Os mais críticos dizem que é apenas uma gota no oceano.

A questão impõe-se: o Reino Unido deve continuar a ser membro da União Europeia? A proposta de lei para organização de um referendo constou do tradicional discurso de abertura da nova legislatura da rainha Isabel II, colocando o Reino Unido num ponto sem retorno em relação à realização da consulta popular.

O Parlamento Europeu deu “luz verde” à Comissão Europeia para seguir em frente nas negociações de um acordo de livre comércio com os Estados Unidos, sem restrições regulatórias sobre os investidores, pelo menos nesta fase. Os críticos dizem que o Parlamento não considerou os direitos dos cidadãos.

Caos, desordem, voos cancelados e passageiros bloqueados paralisaram os aeroportos belgas na quarta-feira. Em causa esteve uma falha elétrica no controlo do tráfego aéreo em Bruxelas.

A ironia da semana foi o facto da União Europeia escolher a proposta grega para a edição de uma moeda de dois euros comemorativa dos 30 anos da bandeira oficial do bloco. Existem receios de que a Grécia não possa usar a moeda por muito tempo, uma vez que os problemas financeiros ameaçam empurrar o país para fora da zona euro.

Mil chicotadas e pena de prisão para o blogger saudita que sugeriu que o país precisava menos de religião e mais de uma visão para um futuro moderno. A mulher de Raif Badawi esteve em Bruxelas a fazer campanha pela libertação do marido.

A agenda da próxima semana:

Os líderes da Alemanha, França e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker reúnem-se, segunda-feira, em Berlim.

Na quarta e quinta-feira realizam-se as jornadas europeias para o desenvolvimento, em Bruxelas, com uma série de conferências e seminários.

Domingo arranca a Conferência do G7 na Baviera, Alemanha. Na Turquia é dia de eleições gerais.