Última hora

Última hora

Merkel e Cameron confiantes que o Reino Unido irá continuar na União Europeia

Londres diz estar disposta a dialogar de forma aberta e "construtiva" sobre as reformas que considera necessárias e Cameron defende que será melhor para todos se o Reino Unido permanecer na União.

Em leitura:

Merkel e Cameron confiantes que o Reino Unido irá continuar na União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

David Cameron também acha que Sepp Blatter “devia sair” da FIFA e “quanto mais cedo, melhor”, mas a visita oficial do primeiro-ministro britânico a Berlim foi para tratar de um assunto mais importante: discutir com Angela Merkel o futuro do Reino Unido na União Europeia, questão que será submetida a referendo em terras de Sua Majestade.

Point of view

A União Europeia fica melhor com o Reino Unido como membro e acredito que o interesse nacional pode ser mais bem servido com a permanência na União Europeia assente numa reforma dos acordos.

Londres diz estar disposta a dialogar de forma aberta e “construtiva” sobre as reformas que considera necessárias e Cameron defende que será melhor para todos se o Reino Unido permanecer na União.

*“A União Europeia fica melhor com o Reino Unido como membro e acredito que o interesse nacional pode ser mais bem servido com a permanência na União Europeia assente numa reforma dos acordos. É o que queremos e é nisso que vamos trabalhar em conjunto nos próximos meses.

O resultado que queremos é ter mudanças que respondam às preocupações que as pessoas e eu próprio temos exprimido. E quando abordarmos essas questões, penso que as pessoas vão ver que o correcto é o Reino Unido ficar numa União Europeia reformada”*, afirmou Cameron.

Num discurso também optimista, Angela Merkel recordou que há “um princípio importante na Europa: se um Estado-membro tem uma necessidade ou um desejo, então juntamo-nos e conversamos sobre isso”. Para a chanceler alemã só há uma “linha vermelha que não pode ser cruzada” em relação, por exemplo, “ao comércio livre na Europa e a liberdade de circulação”.

Cameron terminou em Berlim um périplo por capitais europeias que passou antes por Paris e Varsóvia. O detalhe das propostas de Londres para a reforma da União deve ser conhecido na Cimeira Europeia agendada para o final de Junho.