Última hora

Última hora

Radar. As histórias que não fizeram manchetes - bombas, coelhos e gaivotas...

À sexta-feira, os jornalistas das 13 línguas da euronews selecionam um conjunto de histórias que não tiveram direito a grande destaque na imprensa internacional.

Em leitura:

Radar. As histórias que não fizeram manchetes - bombas, coelhos e gaivotas...

Tamanho do texto Aa Aa

Falsa bomba de aniversário encerra casino

Na passa terça-feira o casino de Dortmund-Hohensyburg (no oeste da Alemanha) foi evacuado, depois de visitantes terem encontrado, no parque do castelo onde o casino está localizado, o que lhes parecia ser um bomba.

Uma mãe de 26 anos tinha tido a ideia original de um jogo de detetives e escondeu um despertador num pacote com a inscrição “Aniversário das crianças”.

A polícia, que não tinha sido convidada para a festa, mas foi chamada para um alarme de bomba, aconselhou que a ideia não seja imitada, pois uma operação de evacuação pode tornar muito dispendioso um aniversário.

A história foi contada num artigo do WAZ.

Roma quer usar Coliseu para os Jogos Olímpicos 2024

“Se conseguirmos trazer os Jogos Olímpicos a Roma, gostaria que a entrega dos prémios tenha lugar no Coliseu” – declarou o presidente da câmara de Roma, Ignazio Marino, ao presidente do Comité Olímpico Internacional (IOC) Thomas Bach.

O político de centro-esquerda já sonha com os atletas a receber medalhas como “os antigos gladiadores”.

A história foi contada pela agência noticiosa italiana Ansa

Advogado queniano oferece 50 vacas a Obama para casar com a filha

A paixão é cega e um advogado queniano deu provas disto mesmo ao presidente norte-americano. Perdido de amor pela filha de Barack Obama, Felix Kiprono ofereceu 50 vacas, 70 ovelhas e 30 cabras pela mão de Malia.

Um amor que nasceu quando Malia tinha dez anos – o pretendente queniano confessou ao jornal The Nairobian que se interessa pela filha de Obama desde 2008. Garante que lhe tem sido fiel desde então e que convenceu a família a reunir o dote conveniente. E acrescenta que promete a Malia uma vida simples.

Comboio húngaro muda de nome para evitar semelhanças com grupo terrorista

Um comboio húngaro que faz a ligação entre a capital e a cidade de Szombathely usa a designação “ISIS”. A companhia de transportes ferroviários da Hungria decidiu alterar o nome, para evitar semelhanças com a sigla inglesa do autoproclamado Estado Islâmico dos sunitas radicais.

O diário húngaro Hungary Today fez a notícia

É um pássaro? É um avião?… A gaivota que comeu os Red Arrows

Uma gaivota eclipsou no sábado o show acrobático dos Red Arrows, o Grupo Acrobático da Real Força Aérea britânica.
Uma foto tirada pelo estudante Jade Coxon durante a execução acrobática dos Red Arrows no Llandudno Air Show, revelou o momento quando uma gaivota decidiu entrar na competição e roubar protagonismo aos homens do Royal Air Force Aerobatic Team.

A notícia e foto no artigo do The Telegraph

A foto publicada no Twitter

Um coelho dinamarquês vítima de guerras ideológicas

Uma emissora de rádio da Dinamarca decidiu matar no estúdio um coelho bebé para denunciar a hipocrisia dos protetores dos animais. O animal foi morto durante uma transissão em direto por Asger Juhl, o convidado do programa. Antes, os ouvintes ficaram a saber que o coelhinho se chamava “Allan“ e que em seguida seria cozinhado e comido.

O controverso programa de rádio foi notícia na euronews, em inglês