Última hora

Última hora

Barris de explosivos fazem mais de 70 mortos em Aleppo

Em leitura:

Barris de explosivos fazem mais de 70 mortos em Aleppo

Barris de explosivos fazem mais de 70 mortos em Aleppo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 71 pessoas, incluindo mulheres e crianças, morreram, no sábado, na província de Aleppo, vítimas de ataques de forças leais ao presidente Bashar al-Assad.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), foram lançados barris carregados de explosivos contra a cidade de Al-Bab,controlada pelos jiadistas do autoproclamado Estado Islâmico e contra o bairro de Al-Shaar, ocupado pelos rebeldes sírios.

Entretanto, os extremistas sunitas fizeram explodir a penitenciária de Palmyra, informou também o OSDH. A prisão, que vemos nestas imagens de arquivo, terá sido demolida pela explosão de bombas colocadas no interior e no exterior do edíficio.

A cidade histórica de Palmyra está nas mãos dos jiadistas desde 20 de maio. As ruínas de Palmyra, classificadas de Património Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), situam-se no sudoeste da cidade síria.