Última hora

Última hora

Barris de explosivos fazem mais de 70 mortos em Aleppo

Pelo menos 71 pessoas, incluindo mulheres e crianças, morreram, no sábado, na província de Aleppo, vítimas de ataques de forças leais ao presidente

Em leitura:

Barris de explosivos fazem mais de 70 mortos em Aleppo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 71 pessoas, incluindo mulheres e crianças, morreram, no sábado, na província de Aleppo, vítimas de ataques de forças leais ao presidente Bashar al-Assad.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), foram lançados barris carregados de explosivos contra a cidade de Al-Bab,controlada pelos jiadistas do autoproclamado Estado Islâmico e contra o bairro de Al-Shaar, ocupado pelos rebeldes sírios.

Entretanto, os extremistas sunitas fizeram explodir a penitenciária de Palmyra, informou também o OSDH. A prisão, que vemos nestas imagens de arquivo, terá sido demolida pela explosão de bombas colocadas no interior e no exterior do edíficio.

A cidade histórica de Palmyra está nas mãos dos jiadistas desde 20 de maio. As ruínas de Palmyra, classificadas de Património Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), situam-se no sudoeste da cidade síria.