Última hora

Última hora

Itália: Partido de Renzi recua nas regionais parciais

O Partido Democrata do primeiro-ministro Matteo Renzi sofreu um ligeiro recuo nas eleições regionais e municipais parciais deste domingo. Em jogo

Em leitura:

Itália: Partido de Renzi recua nas regionais parciais

Tamanho do texto Aa Aa

O Partido Democrata do primeiro-ministro Matteo Renzi sofreu um ligeiro recuo nas eleições regionais e municipais parciais deste domingo. Em jogo estavam sete das 20 regiões do país e um milhar de municípios. Nenhuma grande cidade foi a votos.

O partido do chefe do executivo conquistou cinco regiões e arrecadou mais de 23 por cento dos votos a nível nacional, mantendo a primeira posição no tabuleiro político transalpino. O movimento 5 Estrelas recolheu a preferência de 18 por cento dos eleitores mas não conquistou nenhuma província. A Liga do Norte manteve a região de Veneto e surge como o terceiro partido mais votado a nível nacional, com 12,5 por cento dos votos. O partido tenta agora conquistar eleitorado por todo o país, deixando cair a bandeira regionalista e agitando ideias antieuropeias e contra a imigração. Apesar do declínio mostrado pelos quase 11 por cento de votos recolhidos, a Forza Italia de Silvio Berlusconi conseguiu conquistar a Ligúria ao centro-esquerda. A taxa de abstenção rondou os 46 por cento.