Última hora

Última hora

Governo grego não admite mais concessões

A Grécia não vai fazer mais concessões. As palavras do ministro do trabalho, Panos Skourtelis, foram as primeiras que hoje se fizeram em Atenas mas

Em leitura:

Governo grego não admite mais concessões

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia não vai fazer mais concessões. As palavras do ministro do trabalho, Panos Skourtelis, foram as primeiras que hoje se fizeram em Atenas mas que acabaram por ser repetidas por vários membros do governo de Alexis Tsipras. Até o vice-primeiro-ministro Yiannis Dragasakis, que geralmente utiliza um tom mais moderado, deixou o aviso: o país não aceita ultimatos nem chantagens.

O vincar de posição de Atenas surge na manhã seguinte à reunião que na segunda-feira à noite juntou em Berlim a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, François Hollande, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Junker, o presidente do BCE, Mario Draghi, e a diretora-geral do FMI, Christine Lagarde. A Grécia foi o tema da reunião que terminou com as habituais palavras de circunstância: há progressos mas é preciso continuar a trabalhar. O primeiro-ministro grego não foi contactado no final do encontro.

Atenas tem que reembolsar 1.600 milhões de euros este mês. A primeira prestação, de 300 milhões, cai esta sexta-feira, mas o executivo helénico já alertou: sem acordo não há pagamento.