Última hora

Última hora

Potencial dos migrantes em destaque nas Jornadas Europeias do Desenvolvimento

Em pleno debate sobre a questão dos migrantes, nas Jornadas Europeias do Desenvolvimento, que decorrem em Bruxelas, reconhece-se o potencial destas

Em leitura:

Potencial dos migrantes em destaque nas Jornadas Europeias do Desenvolvimento

Tamanho do texto Aa Aa

Em pleno debate sobre a questão dos migrantes, nas Jornadas Europeias do Desenvolvimento, que decorrem em Bruxelas, reconhece-se o potencial destas pessoas.

Farah Abdi Abdullahi fugiu da Somália por causa da identidade sexual e chegou a Malta em 2012. Depressa se tornou blogger e ativista.

“Os migrantes estão a ser apresentados aos cidadãos como um fardo para os sistemas de segurança social, já falhados, da Europa. Claro que isso não agrada a um cidadão que pagou impostos a vida toda. Este foi um ponto sobre o qual estive disposto a lutar e é a razão que me move, para ter sucesso, para sonhar alto e fazer o que faço atualmente”, sublinha Abdullahi.

Jovens de todo o mundo foram selecionados para participar nestas sessões. As Jornadas Europeias do Desenvolvimento, que se realizam a 3 e 4 de junho, acolhem 5 mil participantes, de acordo com a Comissão Europeia.

“Os jovens têm muita energia, muitos recursos para trazer para a Europa. Não queremos ver isso porque tememos o discurso político xenófobo anti-imigração. Devíamos lutar contra isso com campanhas políticas fortes e de consciencialização, para dar lugar aos jovens migrantes e para que tenham a possibilidade de trazer alguma coisa positiva para a Europa e as sociedades”, diz Salvatore Prata, da Federação Internacional Terra dos Homens.

A questão dos migrantes que cruzam o Mediterrâneo à procura de melhores condições de vida na Europa domina a agenda europeia, mas está longe de gerar consenso entre os Estados-membros.