Última hora

Última hora

Sports United: João Costa "acerta" duas de ouro na Taça do Mundo de Tiro

Esta semana, no nosso magazine em que passamos revista ao desporto mundial extra-futebol, mostramos-lhe saltos a cavalo, tiro com arco, artes marciais e (no vídeo) um corta-mato muito especial

Em leitura:

Sports United: João Costa "acerta" duas de ouro na Taça do Mundo de Tiro

Tamanho do texto Aa Aa

Têm sido umas semanas de grande turbulência no mundo do desporto, por causa da FIFA e da Sport Accord, mas aqui na euronews temos procurado dar espaço e destaque também aos pontos e golos que se vão marcando; aos melhores tempos que se vão conseguindo; às vitórias e às derrotas que vão marcando a atualidade desportiva do planeta. Na edição desta semana de Sports United é disso que se trata. Tiros, saltos a cavalo, golpes de judo e uma ultramaratona em corta-mato (em exclusivo no vídeo em cima) estão na ementa. Abrimos, aos tiros… de pistola.

Aos 50 anos, João Costa continua a destacar-se como o melhor atirador português da atualidade. O português conquistou duas medalhas de ouro na Taça do Mundo de Tiro, em Munique, na Alemanha.


Depois de ter garantido há pouco mais de duas semanas nos Estados Unidos o apuramento para os jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, Brasil — será a sua quinta presença em Olimpíadas —, João Costa venceu as provas de tiro com pistola de ar comprimido a 10 metros e a 50 metros, na prova bávara.

Na prova de 50 metros, o atirador português terminou a final com 194,7 pontos. Na segunda posição ficou o chinês Boweng Zhang, com 188,5 pontos, e em terceiro o japonês Tomoyuki Matsuda, com 168,6.

Na prova de 10 metros, João Costa fechou a final com 201,4 pontos. Na segunda posição ficou o japonês Tomoyuki Matsuda, com 200,4 pontos, e o terceiro foi o chinês Sun Yang, com 177,3.


A prova bávara recebeu, aliás, um número recorde de atletas, que competiram em cerca de 10 categorias olímpicas de tiro com pistola ou carabina. A equipa germânica ofereceu ao público da casa uma verdadeira performance de ouro.

Andre Link conquistou a primeira medalha de ouro numa Taça do Mundo de Tiro. Na prova de carabina em três posições a 50 metros, o alemão de 20 anos assumiu a liderança logo após o tiro apoiado num joelho, não mais a largou e ainda garantiu também um lugar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Os adeptos da casa celebraram ainda a medalha de ouro de Barbara Engleder. A três vezes campeã olímpica e do mundo venceu na categoria feminina de carabina também a 50 metros e em três posições. E a Alemanha arrecadou ainda uma terceira medalha de ouro. Foi na final de tiro de pistola a 25 metros. Triunfo de Christian Reitz.

Scott Bash vence segundo “grand slam” equestre

Os melhores saltadores a cavalo do Mundo reuniram-se na Alemanha para competir no prestigiado Grande Prémio de Aachen. Ao lado de Spruce Meadows e Genebra, este prova completa o “grand salm” do circuito equestre mundial e foi palco de uma vitória histórica.

Scott Brash tornou-se no primeiro cavaleiro da história a vencer dois “grand slams” consecutivos. Depois de Genebra, em dezembro, o britânico de 29 anos venceu agora também em Aachen.

No dorso de Hello Sanctos, Bash foi o último a entrar em campo na final deste grande prémio. Conseguiu um circuito sem falhas e, melhor, com um tempo imbatível de 48,04 segundos. Se, em setembro, vencer também o terceiro “grand slam” da época, em Spruce Meadows, Bash será o primeiro a conseguir o “tri” e terá ainda um bónus de um milhão de euros pelo feito.

Das war das Weltfest des Pferdesports. In erster Linie gab es erstklassigen Sport. Außerdem noch Aachen Gourmet mit der…

Posted by CHIO Aachen on Terça-feira, 2 de Junho de 2015


Daniel Deusser, a cavalo no Cornet d’Armour, ainda criou alguma expectativa. Saltando antes de Bash, o alemão também conseguiu um circuito perfeito em 48,37 segundos, mas, no final, acabou por não ser rápido o suficiente. Deusser teve de se contentar com o segundo lugar.

A fechar o pódio em Aachen, ficou Simon Delestre, no dorso de Ryan des Hayettes. Ludger Beerbaum foi quarto.

Espanhola brilha na Taça do Mundo de Tiro com Arco

A décima edição da Taça do Mundo de tiro com arco fez escala na Turquia. Antalya recebeu a segunda de quatro etapas da competição antes da grande final no México. A prova revelou uma série de estreantes a vencer, uma delas Andrea Marcos.

Número 33 do Mundo, a arqueira, de 26 anos, disparou literalmente a Espanha para a primeira vitória na Taça do mundo de Tiro com arco, batendo na final a russa Mariia Vinogradova, num duelo intenso.

Depois de ambas terem conseguido um “10” no “shoot off”, Andrea Marcos acabou por ser declarada vencedora ao ter conseguido que a sua seta ficasse milimetricamente mais próxima do centro.

O arqueiro Luís Gonçalves irá participar na 28ª Universíada de Verão em Gwangju, Coreia do Sul, a realizar de 3 a 14 de…

Posted by Federação Portuguesa de Tiro com Arco on Quarta-feira, 27 de Maio de 2015


No quadro masculino, também houve um estreante a vencer. Kim Jongho, da Coreia do Sul, celebrou o primeiro título na Taça do Mundo ao bater o favorito, Mike Schloesser.

O holandês centrava atenções, mas Kim apresentou-se em grande forma e acabou por vencer o duelo decisivo, por 145-144.

Sob os holofotes… as gémeas Zaninovic do Tae Kwon Do

Em destaque, no Sports United desta semana, temos uma irmandade curiosa do mundo das artes marciais. As croatas Ana e Lucija Zaninovic são gémeas idênticas. Para além da aparência, também é difícil distingui-las em termos de sucesso sobre o ‘tatami’.

Ana: yQuando ela vence, é como se fosse eu. Ela ganha, eu também. Começámos a treinar ao mesmo tempo. Só que ela não gostava de Tae Kwon Do. Mas voltou passado um ano. Lucija: Quando a Ana luta, é fantástico, mas nós não nos podemos ver uma à outra. O treinador não gosta. Diz que é demasiado emotivo.

Toni Tomas (treinador): A Ana é sempre a líder. A Lucija vai sempre atrás. A Ana trabalha muito duro e a Lucija vai até onde a Ana for. Lucija: Eu treino e dou o meu melhor. É claro que quero ganhar uma medalha, mas se não ganhar, é desporto. Eu amo o Tae Kwon Do. Divirto-me com ele. Ana: Somos saudáveis. Temo-nos uma à outra e isso é o mais importante.

Campeonato do mundo de Trail passou pelos Alpes

Fechamos a revista do melhor do desporto desta semana com imagens da quinta etapa de Campeonato do Mundo de Trail, que percorreu os Alpes em terminou em Annecy, França. Vitória caseira da dupla gaulesa Sylvain Court e Nathalie Mauclair.