This content is not available in your region

Naufrágio China: Quase uma centena de corpos encontrados no rio Iangtsé

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Naufrágio China: Quase uma centena de corpos encontrados no rio Iangtsé

<p>Quase uma centena de corpos foram recuperados no rio Iangtsé, na China, vitimas do naufrágio do navio de cruzeiro “Estrela Oriental”, na passada segunda-feira. </p> <p>Apenas 14 das 456 pessoas, que seguiam a bordo, foram resgatadas, as autoridades chinesas não acreditam ser possível encontrar mais sobreviventes.</p> <p>No terreno as operações só param para recuperar corpos, como explica Zhu Ruming, vice- diretor da administração para os assuntos de navegação de Iangtsé:</p> <p>“Durante o trabalho, para endireitar o cruzeiro, os nossos mergulhadores encontram, muitas vezes, corpos de vítimas em águas profundas. O mesmo acontece quando trabalhamos à tona de água, encontramos corpos de passageiros a flutuar. Nessa altura temos de parar para enviar os corpos para terra.”</p> <p>Mais de três centenas de pessoas continuam desaparecidas. Nas proximidades do local onde ocorreu o desastre os populares concentram-se para apoiar os familiares das vítimas:</p> <p>“Estou de coração partido e triste” – desabafa uma chinesa. “Espero que as vítimas que estão no céu descansem em paz. Há muita coisa que podemos fazer e queremos ajudar as famílias das vítimas. Sinto-me um pouco melhor porque assim elas têm apoio.”</p> <p>A embarcação foi já rebocada para mais perto da costa e as equipas já entraram no seu interior mas, para as famílias, as operações estão a ser muito lentas.</p>