Última hora

Em leitura:

Presidente venezuelano cancela visita ao Vaticano


Venezuela

Presidente venezuelano cancela visita ao Vaticano

Uma gripe e uma otite, foram as razões avançadas por Nicolas Maduro para cancelar a viagem ao Vaticano. O presidente venezuelano devia ser recebido este domingo pelo Papa Francisco.

Tanto a oposição venezuelana como a ONG Human Rights Watch tinham pedido ao líder da Igreja Católica para questionar Maduro acerca da situação dos Direitos Humanos no seu país, bem como a detenção de dirigentes opositores.

O Sumo Pontífice foi recebido ontem por um banho de multidão, numa breve visita à capital da Bósnia Herzegovina, durante a qual fez um apelo ao fim dos conflitos armados no Mundo e denunciou a “hipocrisia” dos que falam de Paz, ao mesmo tempo que vendem armas.

O ponto alto da deslocação a Sarajevo foi a missa ao ar livre celebrada no estádio olímpico da cidade.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Guarda Costeira italiana anuncia resgate de 3500 imigrantes