Última hora

Última hora

Quinta troca de prendas entre Cristina Kirchner e o Papa Francisco

O Papa Francisco e a Presidente da Argentina, Cristina Kirchner, reuniram-se pela quinta vez desde que o argentino foi nomeado líder da igreja

Em leitura:

Quinta troca de prendas entre Cristina Kirchner e o Papa Francisco

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco e a Presidente da Argentina, Cristina Kirchner, reuniram-se pela quinta vez desde que o argentino foi nomeado líder da igreja católica. Uma vez mais, o encontro ficou marcado por uma troca de prendas.


A chefe de Estado argentina ofereceu desta feita ao Sumo Pontífice uma pintura representando o beato Oscar Arnulfo Romero, da autoria de Eugenio Cuttica; uma monografia sobre arquitetura argentina; um exemplar de “Os Estados Nacionais e a Mercosur”, de Alberto Methol Ferré; uma cópia de Martín Fierro; dois baixo-relevo da Virgem de Luján e outro do Papa; e uma cesta de produtos regionais argentinos.

Francisco ofereceu a Cristina Kirchner uma cópia do século XI de uma imagem da Virgem da Ternura da catedral de Vladimir.


A Presidente da Argentina foi recebida pelo Papa na sala Paulo VI, no Vaticano. O encontro comçou por volta das 17 horas (16h , em Lisboa) e prolongou-se quase por duas horas. A chefe de Estado vestiu de negro, como manda o protocolo. “Falámos de questões da Argentina. Um foi a remodelação da Basílica de Luján, outro a trasladaçõ do sabre do general San Martín, que lhe pareceu fantástico pela revalorização da história e da pátria para todos os argentinos”, destacou Kirchner. Em comunicado, o Vaticano referiu apenas um encontro “cordial”.