Última hora

Última hora

Fuga de prisão americana de alta segurança

Dois criminosos fugiram de uma prisão de alta segurança em Dannemora, no condado de Clinton, estado de Nova Iorque. Os dois homens usaram ferramentas

Em leitura:

Fuga de prisão americana de alta segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Dois criminosos fugiram de uma prisão de alta segurança em Dannemora, no condado de Clinton, estado de Nova Iorque. Os dois homens usaram ferramentas elétricas para perfurar os muros de aço e tubagem subterrânea, e para escavar túneis.

A fuga, que aconteceu na noite de sexta-feira para sábado, foi classificada pelo governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, como “elaborada” e “sofisticada”.

Richard Matt, de 48 anos, estava a cumprir uma pena mínima de 25 anos por sequestrar e espancar até à morte um homem, em 1997.

David Sweat, de 34 anos, foi condenado a prisão perpétua, pelo assassínio de um agente da polícia, em 2002.

Os dois homens estavam detidos em celas adjacentes. Depois de aceder às canalizações, conseguiram alcançar uma saída a 30 km da fronteira com o Canadá. Antes de escaparem, deixaram um bilhete à polícia, com a frase “Tenham um dia agradável”.

As autoridades advertiram a população de que os fugitivos são considerados “muito perigosos”, pedindo que toda a atividade suspeita seja comunicada à polícia, mas que ninguém tente detê-los.

A informação que leve à detenção de Matt e Sweat será premiada com uma recompensa de 100 mil dólares.

Mais de duas centenas de agentes policiais procuram os dois criminosos. Foram instaladas barreiras de controlo nas estradas do condado e estão a ser usados helicópteros nas buscas.

Dannemora tem atualmente cerca de cinco mil habitantes. A cidade foi fundada em 1838. A penitenciária correcional foi construída sete anos depois, para acolher prisioneiros que eram usados como mão-de-obra na exploração das minas de ferro locais.