Última hora

Última hora

Bruxelas julga proposta mais recente de Atenas insuficiente

A proposta grega apresentada em Bruxelas esta terça-feira foi julgada insuficiente pelos credores. Os negociadores têm mais umas horas para tentar

Em leitura:

Bruxelas julga proposta mais recente de Atenas insuficiente

Tamanho do texto Aa Aa

A proposta grega apresentada em Bruxelas esta terça-feira foi julgada insuficiente pelos credores. Os negociadores têm mais umas horas para tentar aproximar posições antes de Alexis Tsipras se reunir com os principais responsáveis políticos europeus, à margem da cimeira UE-América Latina. Antes de viajar para a Bélgica, o primeiro-ministro grego foi pedir o apoio do seu partido nesta fase crucial das negociações. Para concluir um acordo o governo terá de fazer cedências que não vão agradar ao Syriza. Em Bruxelas esperam-se avanços do lado grego.

Point of view

tentei construir pontes mas continuo à espera da parte grega da ponte - Junker

“Tentei sempre negociar com a Grécia de forma respeitosa. Ao contrário do que muitos pensam não se trata de negociar com o governo grego, trata-se dos interesses do povo grego. Muitos gregos estão a passar mal por causa do programa de ajustamento. Por isso tentei construir pontes mas continuo à espera da parte grega da ponte” – afirmou o presidente da Comissão, Jean-Claude Junker.

Os credores da Grécia exigem um aumento do IVA dos 13 para os 23 por cento em muitos bens, como a eletricidade, e cortes nas pensões de reforma. Sem estas medidas Atenas não vai receber os 7,2 mil milhões de euros correspondentes à última fatia do programa de ajustamento que deveria ter terminado em dezembro.