Última hora

Última hora

A rede que coloca as PME no mapa global

Uma verdadeira mina de oportunidades para empresários - viemos até à Irlanda falar da maior rede do mundo de apoio às PME.

Em leitura:

A rede que coloca as PME no mapa global

Tamanho do texto Aa Aa

Centro de Dublin, zona de Silicon Docks. Em 2011, Mary Leane abre aqui as portas de uma PME que concebeu um produto único no mundo, o Surewash, um sistema móvel de vídeo que instrui, passo a passo, o processo de lavagem de mãos no meio hospitalar. Uma inovação que vai ao encontro de uma problemática questão de saúde pública.

Segundo Mary, “uma em cada vinte pessoas que entra num hospital contrai uma infeção. Há funcionários e visitantes que não lavam as mãos corretamente. É aí que o nosso produto entra em ação, para treinar as pessoas a fazê-lo.”

O sistema já é utilizado em vários hospitais do mundo inteiro. Graças ao apoio da Enterprise Europe Network, a internacionalização começou na Alemanha e em França, através de eventos desta rede, onde Mary conheceu distribuidores com os quais estabeleceu parcerias. Recentemente, partiu à conquista dos mercados dos Estados Unidos e do Médio Oriente. Quando a empresa arrancou, havia 3 assalariados. Hoje são 10.

Pistas para recorrer à rede europeia de apoio às PME

Jan Gerritsen representa a Enterprise Europe Network na Irlanda e dá-nos um retrato do seu funcionamento: “Trata-se de uma rede composta por cerca de 600 organizações, de 50 países diferentes, que correspondem à União Europeia e aos principais mercados. Nós podemos apresentar os produtos na base de dados, que contém cerca de 10 mil oportunidades de negócio em tempo real. Os empresários podem vir falar com um conselheiro, há mais de 4 mil em toda a Europa. A maior parte dos serviços é gratuita.”