Última hora

Última hora

Festas de Lisboa: A capital portuguesa enche-se de cor e música

A Avenida da Liberdade voltou a encher-se de cor e música na 83.ª edição das Marchas Populares, o mais emblemático evento das Festas da cidade de

Em leitura:

Festas de Lisboa: A capital portuguesa enche-se de cor e música

Tamanho do texto Aa Aa

A Avenida da Liberdade voltou a encher-se de cor e música na 83.ª edição das Marchas Populares, o mais emblemático evento das Festas da cidade de Lisboa.

Exposições, espetáculos, bailaricos, arraiais, em homenagem ao Santo Padroeiro da cidade, António que nasceu Fernando, em Lisboa, em mil, cento e qualquer coisa, não se sabe ao certo e que decidiu pregar aos peixinhos quando mais ninguém o ouvia.

A festa é feita também de festivais, como o Mistura, que celebra a música do mundo; o de música coral, que leva a Lisboa várias centenas de coralistas de todo o mundo; ou o de bandas filarmónicas.

Em junho, a cidade cheira a manjericos, sardinha assada e caldo verde. Os bairros enchem-se de gente, portuguesa e estrangeira, que procura viver, pelo menos uma vez, esse espírito bairrista, tão lisboeta.

Este ano, a festa em Lisboa prolonga-se por vários meses com eventos, como a exposição do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, patente na Cordoaria Nacional, até agosto.