Última hora

Última hora

Ucrânia: Combates com rebeldes matam 6 e ferem 14 em 24 horas

Apesar do cessar-fogo acordado em fevereiro, conflito entre forças governamentais e rebeldes pró-russos reacenderam-se na semana passada após uma ofensiva falhada dos separatistas, a ocidente de Donet

Em leitura:

Ucrânia: Combates com rebeldes matam 6 e ferem 14 em 24 horas

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 6 soldados ucranianos foram mortos e 14 ficaram feridos desde sexta-feira em resultado dos combates que se registam com as forças separatistas no leste da Ucrânia.

A revelação partiu do exército ucraniano, em conferência de imprensa, na qual os rebeldes pró-russos foram acusados de terem levado a cabo nas últimas horas pelo menos 40 ataques.


“Foram registados bombardeamentos por tanques em Adviivka e Vodyanoe por grupos rebeldes armados. Houve intenso tiroteio e disparos de artilharia contra as nossas posições perto de Maryinka e e Krasnohorivka. Os combates prosseguem também junto a Horlivka e próximo de Svitlodarsk”, afirmou Andriy Lysenko, porta-voz dos militares, no centro de imprensa dedicado pelo Governo de Kiev ao conflito com os separatistas pró-russos.

O autodenominado ministério da Defesa da autoproclamada República Popular de Donetsk denunciou, por outro lado, uma centena de alegados ataques das forças governamentais contra várias cidades e vilas da região.

Com várias tentativas em curso para implementação na região dos acordos de Minsk, incluindo uma forte pressão sobre a Rússia, o cessar-fogo acordado em fevereiro não parece conseguir passar do papel para o terreno. Em especial junto ao aeroporto de Donetsk, onde a troca de tiros se mantém, envolvendo, inclusive artilharia pesada.

Os combates no leste da Ucrânia reacenderam-se na passada semana, na sequência de uma ofensiva falhada de forças rebeldes contra a localidade de Maryinka, a menos de 20 quilómetros a ocidente de Donetsk.