This content is not available in your region

Ucrânia: Combates com rebeldes matam 6 e ferem 14 em 24 horas

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques  com EFE
Ucrânia: Combates com rebeldes matam 6 e ferem 14 em 24 horas

<p>Pelo menos 6 soldados ucranianos foram mortos e 14 ficaram feridos desde sexta-feira em resultado dos combates que se registam com as forças separatistas no leste da Ucrânia.</p> <p>A revelação partiu do exército ucraniano, em conferência de imprensa, na qual os rebeldes pró-russos foram acusados de terem levado a cabo nas últimas horas pelo menos 40 ataques. <br /> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt"align="center"><p lang="en" dir="ltr">.<a href="https://twitter.com/OSCE_SMM"><code>OSCE_SMM</a> observed high level of violence in &amp; around Donetsk airport. Resumed monitoring west of Shyrokyne. Report&gt; <a href="http://t.co/MDKDygnzuu">http://t.co/MDKDygnzuu</a></p>&mdash; OSCE (</code>OSCE) <a href="https://twitter.com/OSCE/status/609403876173869056">12 junho 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <br /> “Foram registados bombardeamentos por tanques em Adviivka e Vodyanoe por grupos rebeldes armados. Houve intenso tiroteio e disparos de artilharia contra as nossas posições perto de Maryinka e e Krasnohorivka. Os combates prosseguem também junto a Horlivka e próximo de Svitlodarsk”, afirmou Andriy Lysenko, porta-voz dos militares, no centro de imprensa dedicado pelo Governo de Kiev ao conflito com os separatistas pró-russos. <p>O autodenominado ministério da Defesa da autoproclamada República Popular de Donetsk denunciou, por outro lado, uma centena de alegados ataques das forças governamentais contra várias cidades e vilas da região.</p> <p>Com várias tentativas em curso para implementação na região dos acordos de Minsk, incluindo uma forte pressão sobre a Rússia, o cessar-fogo acordado em fevereiro não parece conseguir passar do papel para o terreno. Em especial junto ao aeroporto de Donetsk, onde a troca de tiros se mantém, envolvendo, inclusive artilharia pesada.</p> <p>Os combates no leste da Ucrânia reacenderam-se na passada semana, na sequência de uma ofensiva falhada de forças rebeldes contra a localidade de Maryinka, a menos de 20 quilómetros a ocidente de Donetsk. <br /> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt"align="center"><p lang="en" dir="ltr">Map. Situation in eastern <a href="https://twitter.com/hashtag/Ukraine?src=hash">#Ukraine</a>, June 7, 12:00 <span class="caps">EET</span> <a href="http://t.co/9Uo5xkEXib">pic.twitter.com/9Uo5xkEXib</a></p>— <span class="caps">NSDC</span> of Ukraine (@NSDC_ua) <a href="https://twitter.com/NSDC_ua/status/607482010588872704">7 junho 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <br /> </p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="pt"align="center"><p lang="en" dir="ltr">Attack on Ukrainian Consulate in Rostov. Hatred and crime – this is how Russia celebrates its Russia day. via <a href="https://twitter.com/unian"><code>unian</a> <a href="http://t.co/dnDm8d4MKw">pic.twitter.com/dnDm8d4MKw</a></p>&mdash; Oleksii Makeiev (</code>Makeiev) <a href="https://twitter.com/Makeiev/status/609669829080023042">13 junho 2015</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>