Última hora

Última hora

Paris Air Show descola na vertical

Em leitura:

Paris Air Show descola na vertical

Tamanho do texto Aa Aa

O Bourget 2015 abriu portas esta segunda-feira sob uma chuva de encomendas. O Salão Aeronáutico de Paris, que se realiza nos anos ímpares, é o palco tradicional do combate entre a Airbus e a Boeing pela liderança do mercado mundial de aviões de passageiros com mais de 100 lugares.

As perspetivas para as próximas décadas são muito boas, como explica John Leahy, o diretor comercial do fabricante europeu:

“Nos próximos 20 anos este mercado vai crescer dramaticamente. Vai mais do que duplicar. Na verdade vai duplicar em 15 anos. Vão ser necessários cerca de 32.600 aviões novos, num valor de 4,9 biliões de dólares. Este é um mercado em crescimento.”

A Boeing avalia o futuro de forma semelhante. Os mercados de maior crescimento potencial situam-se na Ásia-Pacífico com a China a impor-se como o maior mercado para a aviação dentro de dez anos.

A Airbus e a Boeing divergem quanto à necessidade de um grande aparelho de longo raio de ação como o superjumbo europeu A380. O construtor americano aposta sobretudo em aviões mais pequenos e económicos para distâncias semelhantes. É o caso do 787 Dreamliner que realizou uma descolagem na vertical em Paris.