Última hora

Última hora

Grécia: dois irmãos tentam manter negócios à tona em plena crise

Entre expectativas do resultado de difíceis negociações e os crescentes receios de uma população grega em plena crise, a euronews foi ao encontro de

Em leitura:

Grécia: dois irmãos tentam manter negócios à tona em plena crise

Tamanho do texto Aa Aa

Entre expectativas do resultado de difíceis negociações e os crescentes receios de uma população grega em plena crise, a euronews foi ao encontro de dois irmãos que tentam, a todo o custo, manter à tona os seus pequenos negócios em Atenas.

GIannis Martatos é dono de uma pequena empresa especializada no turismo através da internet e explica “quanto mais duram as negociações, mais catastrófica se torna a situação, no sentido em que, seja em qual for o ramo do negócio, para qualquer transação, a resposta é: vamos esperar para ver o que acontece amanhã”.

Depois de perder o emprego, o irmão, Vasilis, investiu na restauração, há cerca de um ano. Ao abrir o negócio em plena crise, teve de se adaptar à realidade dos clientes, oferecendo nomeadamente preços mais baixos.

Explica que muitos dos que frequentam o seu estabelecimento manifestam a sua “preocupação e não falam noutra coisa: só acerca da crise, do que irá acontecer amanhã ou do rumo que tomará o país. A maior parte das conversas gira à volta de cenários hipotéticos”.

A correspondente da euronews em Atenas, Fay Doulgkeri, frisa que “insegurança e incerteza são as palavras mais comuns nas conversas dos gregos, em restaurantes e cafés. Entre os jovens empresários, as preocupações também se centram no futuro e num mercado que se encontra estagnado”.