Última hora

Última hora

Hungria constrói cerca de quatro metros de altura na fronteira com a Sérvia

O Governo da Hungria decidiu fechar, fisicamente, a fronteira do país com a Sérvia. Budapeste pretende construir uma cerca de quatro metros de

Em leitura:

Hungria constrói cerca de quatro metros de altura na fronteira com a Sérvia

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo da Hungria decidiu fechar, fisicamente, a fronteira do país com a Sérvia. Budapeste pretende construir uma cerca de quatro metros de altura. O objetivo é colocar um cobro ao forte fluxo de imigrantes ilegais.

A fronteira que separa os dois países tem cerca de 175 quilómetros.

O governo de Viktor Orbán sublinha que a decisão não viola qualquer tratado internacional e que países, como a Grécia ou a Espanha, optaram pela mesma solução nos enclaves do norte de África.“O governo deu instruções ao ministro do Interior para começar, imediatamente, os preparativos para selar fisicamente a fronteira entre a Hungria e a Sérvia… Instruiu o ministério para fazer o trabalho preparatório, até à próxima quarta-feira, e informar o governo sobre os trabalhos de preparação. Estamos a falar de 175 km de fronteira cujo encerramento pode acontecer com uma cerca de quatro metros de altura”, assegura o ministro húngaro dos Negócios Estrangeiros, Peter Szijarto.

A Hungria é o segundo país da União Europeia, logo a seguir à Suécia, que acolheu um maior número de refugiados passando dos dois mil, em 2012, para os 54 mil, no início de 2015.

O governo assegura que 95% entra no país através da fronteira com a Sérvia, que não pertence ao grupo dos 28.

Este gráfico mostra o número de pedidos de asilo, na Hungria, entre janeiro e maio de 2015 (Fonte: Eurostat).