Última hora

Em leitura:

Boeing vs Airbus no Salão de Aeronáutica Le Bourget


empresas

Boeing vs Airbus no Salão de Aeronáutica Le Bourget

A Boeing ultrapassou a Airbus em termos de encomendas no Salão Internacional de Aeronáutica Le Bourget, em Paris. Mas se incluirmos também as intenções de compra, a empresa europeia ficou à frente da rival norte-americana.

Mas não foi feita qualquer encomenda para o A380, o maior avião de passageiros do mundo.

A Airbus prevê que a crescente procura por viagens aéreas exija 1550 aparelhos muito grandes até ao final de 2030. Uma previsão duas vezes e meia mais elevada que a da rival Boeing. Por que razão a Airbus tem tanta fé no A380? John Leahy, diretor comercial da Airbus, responde: “Como é que vamos duplicar o tráfego em 15 anos se apenas conseguimos duplicar o número de aviões? Não é possível. Precisamos de aviões maiores e o A380 é um aparelho maior no qual as pessoas preferem voar. É mais silencioso, mais suave, com assentos maiores, consome menos combustível por passageiro em cada uma das viagens e tem menos impacto no ambiente”.

A Boeing tem garantida a venda de 145 aviões, num valor de 18,6 mil milhões de dólares ao preço de catálogo. A rival europeia fechou apenas negócios para a venda de 124 aparelhos, por 16,3 mil milhões de dólares.

Incluindo intenções de compra, os números sobem para 331 aviões para a Boeing e 421 para a Airbus.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

empresas

Airbnb procura financiamento de mil milhões de dólares