Última hora

Em leitura:

Eleições legislativas renhidas na Dinamarca


Dinamarca

Eleições legislativas renhidas na Dinamarca

A escolha é feita entre vemelhos e azuis.
Na Dinamarca hoje é dia de eleições legislativas antecipadas. As últimas sondagens mostram um empate técnico entre os dois blocos políticos: o bloco vermelho da social-democrata Helle Thorning-Schmidt ou o bloco azul do conservador Lars Lokke Rasmussen.

Thorning-Schmidt, a primeira mulher chefe de governo da história da Dinamarca, anunciou, a 27 de maio, a convocação de eleições legislativas antecipadas, três meses antes do fim do prazo constitucional.

Lars Lokke Rasmussen quer regressar ao lugar que já lhe pertenceu entre 2009 e 2011. Durante a campanha foram discutidas, sobretudo as preocupações económicas, a reforma do Estado-providência ou o tema da migração.

A disputa vai ser renhida e oo sistema eleitoral dinamarquês torna praticamente impossíveis maiorias absolutas de um só partido. Por isso, os cerca de 20% de indecisos vão ter um papel fundamental nestas eleições legislativas..

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Waterloo assinala 200 anos da derrota de Napoleão