Última hora

Última hora

Hong Kong veta pacote de reformas políticas de Pequim

O Parlamento de Hong Kong reprovou o pacote de reformas políticas, proposto por Pequim, para a eleição do chefe do executivo do governo regional. Um

Em leitura:

Hong Kong veta pacote de reformas políticas de Pequim

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento de Hong Kong reprovou o pacote de reformas políticas, proposto por Pequim, para a eleição do chefe do executivo do governo regional.

Um minuto antes da votação 30 deputados, pró-reforma, abandonaram o hemiciclo.

Apenas oito deputados pró-governo votarem a favor e 28 votaram contra, incluindo os 27 da ala pró-democrata.

A deputada Carrie Lam, que defendia a proposta, mostrou-se “triste e desapontada como o veto.” A parlamentar diz-se impossibilitada de “prever quando é que o desenvolvimento democrático de Hong Kong poderá avançar novamente.”

Após a votação, o grupo parlamentar pró-democrata manifestou-se desfraldando uma faixa e um guarda-chuva amarelo, símbolo da “revolução de guarda-chuvas”, surgido no ano passado, após as convulsões geradas com a proposta de Pequim.

“ O povo de Hong Kong não gostaria de assumir esse pacote democrático falso. Não queremos que os nossos votos sejam usados para legitimar um sistema de pré-veto “, assegura o deputado pró-democrata, Alan Leong.

A proposta de lei, apresentada por Pequim, previa que os habitantes da cidade pudessem escolher, livremente, o líder do executivo regional em 2017, contudo os 3 candidatos seriam, previamente escolhidos pelo governo central chinês.