Última hora

Última hora

Bolsas europeias não se enervam com a incerteza da Grécia

Em leitura:

Bolsas europeias não se enervam com a incerteza da Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas europeias negoceiam em alta, apesar da reunião inconclusiva do Eurogrupo quanto ao futuro da Grécia. Apenas Atenas sofria uma queda ligeira, enquanto no outro extremo encontrava-se Lisboa a valorizar quase 2%.

Os mercados acreditam que a zona euro conseguirá superar uma eventual saída da Grécia, como explica o analista Alexandre Zilliox, da Montsegur Finance: “Esta manhã, os mercados mantiveram-se estáveis na abertura, apesar de o facto de as negociações terem falhado ontem. Os mercados sobreviverão, uma vez que a dívida da Grécia atinge apenas os 300 mil milhões de euros. Portanto, vai haver um impacto a curto prazo, mas os mercados vão recuperar a médio prazo”.

Os juros da dívida pública da Grécia a dois anos estavam perto dos 29% e a três anos acima dos 19%. A dez anos, recuavam para 12,5%.