Última hora

Última hora

Alemanha: Justiça vai decidir sorte do jornalista da Al-Jazeera

A justiça alemã deve hoje decidir o destino de um jornalista da televisão Al-Jazeera, Ahmed Mansour, detido no aeroporto de Berlim no sábado, a

Em leitura:

Alemanha: Justiça vai decidir sorte do jornalista da Al-Jazeera

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça alemã deve hoje decidir o destino de um jornalista da televisão Al-Jazeera, Ahmed Mansour, detido no aeroporto de Berlim no sábado, a pedido das autoridades egípcias.

Mansour de 52 anos, um dos profissionais mais respeitados do mundo arabe, deve comparecer perante um juiz esta segunda-feira, que irá iniciar o processo de extradição ou libertá-lo.

Esta detenção expõe as ligações da Alemanha com o regime do presidente al-Sissi e frustra o ligeiro degelo nas relações entre Qatar e Egito.

Um tribunal do Cairo condenou este profissional, que tem dupla cidadania egípcia e britânica, a 15 anos de prisão à revelia no ano passado. Foi acusado de torturar um advogado em 2011 em Tahrir Square, o foco da revolta que derrubou Hosni Mubarak.

Esta prisão surge na sequência de uma visita controversa do presidente al-Sissi a 03 de junho à Alemanha, em que a chanceler Angela Merkel sublinhou “o elevado número de sentenças de morte proferidas” no Egito, bem como os obstáculos à liberdade de expressão.

Cerca de 70 pessoas reuniram-se este domingo frente à prisão de Berlim onde o Mansour está detido para pedirem a sua libertação.