Última hora

Última hora

Aplicação ajuda estudantes e trabalhadores estrangeiros na Alemanha

Em leitura:

Aplicação ajuda estudantes e trabalhadores estrangeiros na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Para os cidadãos europeus, é fácil transpor as fronteiras entre os países da União. Apesar da livre circulação, as barreiras linguísticas continuam a

Para os cidadãos europeus, é fácil transpor as fronteiras entre os países da União. Apesar da livre circulação, as barreiras linguísticas continuam a ser obstáculo à integração.

Point of view

A aplicação JinGER ajudou-me a perceber melhor os costumes e as tradições alemãs, alguns comportamentos específicos da sociedade alemã e, claro, ajudou-me a perceber coisas a nível profissional que de outro modo não teria percebido.

Para ajudar os candidatos à imigração, uma empresa alemã criou uma aplicação com informações essenciais sobre a Alemanha.

A aplicação chama-se JinGER e contém informações úteis sobre as leis e as práticas administrativas do país.

O produto foi concebido para as pessoas que querem estudar ou trabalhar na Alemanha.

Para a responsável de marketing da empresa sedeada em Colónia, a aplicação colmata um lacuna no mercado dos estudos superiores.

Muitos estudantes sentem-se perdidos quando passam um semestre ou um ano na Alemanha e precisam de abrir um conta bancária ou ir ao médico.

“A aplicação é uma boa ajuda não apenas para quem quer trabalhar na Alemanha mas também para os estudantes internacionais que vivem aqui durante um semestre ou durante um ano. Eu própria vivi essa situação. Na minha universidade havia muitos estudantes internacionais que precisavam de orientação e de ajuda para se integrarem”, diise Sonali Cooray, responsável de marketing da empresa alemã.

“Pessoalmente, a aplicação JinGER ajudou-me a perceber melhor os costumes e as tradições alemãs, alguns comportamentos específicos da sociedade e, claro, ajudou-me a perceber coisas a nível profissional que de outro modo não teria percebido”, sublinhou Andreea Munteanu, uma das responsáveis pelo projeto.

A versão inicial da aplicação lançada em abril está disponível em três línguas, espanhol, romeno e inglês. O sistema possui um dicionário e explicações sobre as abreviações mais usadas na Alemanha.

A aplicação foi muito bem recebida porque fornece imensa informação sem dar demasiados detalhes. Tanto as instituições como os utilizadores apreciam as informações contidas na aplicação”, contou Alberto Ruiz, um dos responsáveis pelo projeto.

No futuro, a empresa alemã pretende desenvolver uma aplicação similar para cada país da União Europeia.