Última hora

Última hora

EUA: A bandeira da polémica

A bandeira da confederação que esteve meio século no Parlamento em Columbia, nos Estados Unidos, tornou-se um novo foco de críticas depois do

Em leitura:

EUA: A bandeira da polémica

Tamanho do texto Aa Aa

A bandeira da confederação que esteve meio século no Parlamento em Columbia, nos Estados Unidos, tornou-se um novo foco de críticas depois do massacre da igreja de Charleston.

As autoridades federais estão a investigar o ataque como um crime de ódio e um ato de terrorismo cometido por Dylann Telhado, de 21 anos, que posou com a bandeira em fotos postadas online.

“É hora de mudar a bandeira do do Capitólio. A bandeira, enquanto parte integrante do nosso passado, não representa o futuro do nosso grande Estado.”

O tiroteio na Igreja Metodista Episcopal Emanuel Africano desencadeou um intenso debate sobre as relações raciais norte-americanas que muito tem agitado o país nos últimos anos.

Esta bandeira tornou-se um símbolo de guerra para o racismo e a xenofobia nos Estados Unidos.