Última hora

Última hora

Grécia: Credores falam em progressos

As novas propostas de reforma que os ministros das finanças da zona do euro receberam das mãos da Grécia são uma base para um acordo nos próximos

Em leitura:

Grécia: Credores falam em progressos

Tamanho do texto Aa Aa

As novas propostas de reforma que os ministros das finanças da zona do euro receberam das mãos da Grécia são uma base para um acordo nos próximos dias.

Líderes dos 19 países da união monetária expressaram em Bruxelas algum otimismo em relação a esta nova fase das negociações, depois de um braço-de-ferro que dura há mais de quatro meses.

“Queremos uma solução abrangente que seja acompanhada por um pacote de crescimento forte e que torne a economia grega viável, para que o país possa recuperar a sua autonomia. A bola está no campo da liderança europeia”, fiz Alexis Tsipras.

A Grécia terá de pagar 1,6 mil milhões de euros aos credores internacionais até 30 de junho ou declara falência. A Alemanha fala em progressos.

“Todos os participantes da discussão, incluindo eu, dissemos que será desejável que a Grécia permaneça na euro. O que a Grécia apresentou hoje é certamente um progresso dentro da nossa discussão, também notamos que há uma grande quantidade de trabalho que precisa ser feito e estamos a correr contra o tempo e portanto, temos que nos concentrar nesse trabalho “, declara Merkel.

A enviada da Euronews comenta:
“Os próximos dois dias são considerados realmente cruciais para as negociações poderem continuar aqui em Bruxelas até à próxima reunião do Eurogrupo na quarta-feira à noite. Todas as partes envolvidas concordaram pela primeira vez que a nova proposta grega é uma boa base para seguirm em frente embora de acordo com Merkel e Juncker a questão da dívida, que é de uma prioridade para o lado grego, não tenha sido ainda discutida”.