Última hora

Última hora

China investe em porto da Moldávia para redesenhar a Rota da Seda

Em leitura:

China investe em porto da Moldávia para redesenhar a Rota da Seda

Tamanho do texto Aa Aa

Uma das maiores empresas de navegação da China e do mundo, a China Shipping Container Lines, decidiu investir num pequeno porto da Moldávia – numa estratégia de expansão para redesenhar a Rota da Seda.

Investiu no porto de Giurgiulesti, o único porto do país acessível a navios. O porto é vital para a Moldávia, já que a economia está a sofrer as consequência do embargo russo a produtos moldavos.

O investimento da China vai abrir uma nova rota de exportação para produtos moldavos, numa altura em que o mercado russo está fechado. Anteriormente os produtos moldavos eram transportados por via terrestre até à Rússia.