Última hora

Última hora

Ministro grego das Finanças diz que proposta das instituições não gera consenso no Eurogrupo

Os ministros das Finanças da zona euro deverão voltar a reunir-se no sábado, depois de mais um encontro do Eurogrupo terminado, esta quinta-feira

Em leitura:

Ministro grego das Finanças diz que proposta das instituições não gera consenso no Eurogrupo

Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros das Finanças da zona euro deverão voltar a reunir-se no sábado, depois de mais um encontro do Eurogrupo terminado, esta quinta-feira, sem um entendimento sobre a Grécia.

A falta de sintonia persiste, mas ao que tudo indica não é só a proposta de Atenas que gera desacordo, como referiu o ministro grego de Finanças Yanis Varoufakis: “curiosamente vários parceiros discordaram e criticaram o nosso texto, mas também o das instituições. Como Eurogrupo decidimos que devemos continuar as deliberações. As instituições vão olhar de novo para os dois documentos, o nosso e o deles. Haverá discussões com o Governo grego e continuaremos até que se encontre uma solução.”

A 30 de junho, o Fundo Monetário Internacional tem de receber 1,6 mil milhões de euros da Grécia. Sem um acordo quanto às medidas a aplicar, que permitam desbloquear a última parcela de ajuda financeira, de 7,2 mil milhões de euros, Atenas não terá dinheiro para liquidar o valor em falta.