Kuwait: Atentado reivindicado pelo Estado Islâmico

Access to the comments Comentários
De  Fernando Peneda  com LUSA/AFP
Kuwait: Atentado reivindicado pelo Estado Islâmico

<p>O atentado reivindicado pelo autoproclamado Estado Islâmico realizado sexta-feira numa mesquita xiita na capital do Kuwait, matou pelo menos 27 pessoas e feriu mais de 220 segundo dados do Ministério do Interior.</p> <p>O ataque ocorreu na mesquita Al-Imam al-Sadeq, na Cidade do Kuwait, durante a oração do meio-dia.</p> <p>Segundo o principal dignitário religioso da mesquita, Abdullah al-Mazeedi, estavam no local cerca de 2000 pessoas no momento do ataque. </p> <p>O braço do Estado Islâmico na Arábia Saudita, designado Província de Nadj, afirmou que o combatente Abu Suleiman al-Muwahhid perpetrou o ataque suicida.</p> <p>O grupo Província de Nadj reivindicou alguns ataques contra mesquitas xiitas na Arábia Saudita nas últimas semanas.</p> <p>O Estado Islâmico é um grupo extremista sunita, que considera os xiitas como heréticos.</p> <p>Após uma reunião de emergência o Governo do Kuwait colocou todas as forças de segurança em estado de alerta e decretou para este sábado um dia de luto nacional.</p> <p>Desde janeiro de 2006 que o Kuwait não era alvo de um ataque terrorista.</p>