This content is not available in your region

Reino Unido: Chefe dos serviços secretos do Ruanda libertado sob fiança

Access to the comments Comentários
De  Fernando Peneda  com EFE/REUTERS/AFP
Reino Unido: Chefe dos serviços secretos do Ruanda libertado sob fiança

<p>No Reino Unido, um tribunal de Londres concedeu na quinta-feira liberdade condicional ao general ruandês Karenzi Karake, chefe dos serviços secretos, detido no sábado em virtude de um mandado de captura emitido pela Espanha em 2008.</p> <p>Karake foi representado pelo advogado Mark Summers e pela advogada Cherie Blair, esposa do ex-primeiro-ministro Tony Blair.</p> <p>O general, que foi libertado sob uma fiança de 1,4 milhões de euros e não pode abandonar o Reino Unido, tem de se apresentar à polícia diariamente.</p> <p>“Estou muito satisfeito com a justiça feita. Estou satisfeito porque provavelmente isto é o início de um longo percurso para denunciar estas acusações espanholas, porque são ilegais, ilícitas e ilegítimas”, disse o ministro da Justiça ruandês, Busingye Johnston.</p> <p>O julgamento sobre a extradição para Espanha foi marcado para 29 e 30 de outubro.<br /> O general ruandês é acusado do assassinato de nove espanhóis entre 1994 e 2000 e de participar do genocídio de mais de quatro milhões de pessoas durante a guerra entre hutus e tutsis.</p>