Última hora

Última hora

Síria: EI regressa a Kobane quando perde terreno a norte

O grupo Estado Islâmico lançou uma nova ofensiva para recuperar a cidade síria de Kobane, junto à fronteira com a Turquia. Desde quinta-feira, que a

Em leitura:

Síria: EI regressa a Kobane quando perde terreno a norte

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo Estado Islâmico lançou uma nova ofensiva para recuperar a cidade síria de Kobane, junto à fronteira com a Turquia.

Desde quinta-feira, que a localidade foi alvo de pelo menos três atentados suicidas, quando os confrontos na região teriam provocado mais de meia centena de mortos.

Segundo as forças curdas – que derrotaram o grupo armado na cidade em janeiro – os combatentes islamitas teriam entrado na localidade disfarçados com uniformes da milícia curda, através da fronteira com a Turquia.

Uma informação negada prontamente por Ancara, quando o principal partido pró-curdo do país, o HDP, exprimiu publicamente as suas dúvidas sobre a atitude do governo.

“Não é lógico que o Estado Islâmico, que se tem movimentado sem problemas ao longo da fronteira turca, não tenha utilizado a passagem fronteiriça para levar a cabo este ataque”, segundo a co-presidente do HDP, Figen Yuksekdag.

A nova ofensiva dos islamitas em Kobane e em Hassaké, no norte da Síria, ocorre num momento em que as forças curdas ganham terreno em Raqqa, o bastião do grupo Estado Islâmico, no norte na Síria.

Alguns analistas falam de uma “manobra de diversão” do grupo islamita, destinada a levantar o moral das tropas face a várias derrotas sucessivas no terreno.