Última hora

Última hora

França: Sociedade civil debate posição conjunta para cimeira ambiental de Paris

A sociedade civil mobiliza-se para obter um acordo sobre o aquecimento global dentro de menos de seis meses em Paris, sem passar pelas ações de rua

Em leitura:

França: Sociedade civil debate posição conjunta para cimeira ambiental de Paris

Tamanho do texto Aa Aa

A sociedade civil mobiliza-se para obter um acordo sobre o aquecimento global dentro de menos de seis meses em Paris, sem passar pelas ações de rua.

Centenas de representantes de associações ecologistas, sindicatos, empresas e poder local estão reunidos até amanhã em Lyon, em França, para obter uma posição comum que deverá ser apresentada durante a cimeira sobre o clima de Paris.

Uma reunião onde as cidades reivindicam o facto de estarem na linha da frente no combate contra o aquecimento global.

“Esta cimeira é muito importante pois há muitas coisas que acontecem neste momento nas grandes cidades e nas regiões do mundo, que podem servir como exemplo para que os governos possam decidir sobre os contornos de um acordo. Ao mesmo tempo as grandes cidades são os maiores produtores de CO2 e por isso as soluções têm que vir também dos responsáveis das grandes cidades e regiões”, afirma o subsecretário da ONU para as mudanças climáticas, Janos Pasztor.

Em contrapartida, os responsáveis locais exigem mais financiamento e mais peso nas negociações.

As discussões ocorrem num momento em que cidades como Copenhaga e Vancouver ou regiões como a California anunciaram já que aspiram às zero emissões de carbono nas próximas décadas.

Em Março, trinta cidades europeias assinaram um acordo de colaboração para a compra de equipamentos “verdes”, para reduzir as emissões poluentes.

Os resultados da reunião vão estar em cima da mesa das negociações no final do ano em Paris.