Última hora

Última hora

Arménia abre investigação a violência policial durante protestos

A justiça arménia reconhece abusos por parte da polícia durante a vaga de manifestações das últimas duas semanas na capital. As autoridades abriram

Em leitura:

Arménia abre investigação a violência policial durante protestos

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça arménia reconhece abusos por parte da polícia durante a vaga de manifestações das últimas duas semanas na capital.

As autoridades abriram uma investigação à atuação das forças da ordem, depois das denúncias de violência durante os protestos contra a subida dos preços da eletricidade.

O inquérito reúne acusações de abuso de poder, violência e obstrução ao trabalho dos jornalistas.

Desde 19 de junho que milhares de pessoas manifestaram-se diariamente contra a subida em 16% da factura de eletricidade.

Um movimento duramente reprimido pela polícia que, num só dia (23 de junho), chegou a deter mais de 230 manifestantes.

O protesto levou o presidente Serge Sarkissian a desbloquear fundos para evitar temporariamente o aumento dos preços.

A situação é vista como mais um sinal dos problemas económicos do país, quando a moeda nacional – o dram – se encontra em queda.