Última hora

Última hora

Semanário alemão afirma ter sido espiado pela NSA

Depois da classe política alemã é a imprensa do país que poderia também ter sido espiada pelos serviços secretos norte-americanos. O semanário Der

Em leitura:

Semanário alemão afirma ter sido espiado pela NSA

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da classe política alemã é a imprensa do país que poderia também ter sido espiada pelos serviços secretos norte-americanos.

O semanário Der Spiegel apresentou, esta sexta-feira, uma denúncia junto do procurador federal.

A revista afirma que a redação teria estado sob escuta em 2011.

Washington teria alertado Berlim para o facto que os jornalistas estariam a receber informações de uma fonte nos serviços secretos do país.

A nova revelação ocorre no mesmo dia em que o ministro dos negócios estrangeiros alemão, Frank Walter Steinmeier, reagiu às recentes denúncias de espionagem:

“É importante que estes casos sejam esclarecidos o mais rapidamente possível para podermos apurar a verdade sobre o que tem sido relatado nos últimos dias”.

Berlim tinha convocado ontem o embaixador norte-americano em Berlim depois da revelação de uma nova transcrição de uma conversa telefónica de Angela Merkel, sobre a crise grega, em 2011.

Os novos documentos referem também que a agência norte-americana NSA teria espiado vários ministérios alemães, entre o qual o das Finanças, assim como um departamento do Banco Central Europeu.