Última hora

Última hora

Itália: Migrantes concentram-se em Crotone

Dezenas de migrantes, a maioria refugiados, concentram-se junto aos caminhos-de-ferro de Crotone, na Calábria. São algumas das pessoas que escaparam

Em leitura:

Itália: Migrantes concentram-se em Crotone

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de migrantes, a maioria refugiados, concentram-se junto aos caminhos-de-ferro de Crotone, na Calábria. São algumas das pessoas que escaparam à travessia arriscada do mediterrâneo.

Depois de receberem um visto de residência temporária, aguardam os restantes documentos em condições precárias.

Mais de 135 mil refugiados e migrantes chegaram à Europa pelo mediterrâneo desde o início do ano, um recorde.

O número é dado pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e corresponde a um aumento de 80% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

A Grécia e a Itália são os principais destinos dos migrantes, a maioria é oriunda de países em guerra em África ou no Médio Oriente, ou onde existe uma pobreza endémica.